4 passos para todo empreendedor iniciar o seu negócio com o pé direito

É comum encontrar pessoas que querem ter o próprio negócio, mas sentem medo ou não sabem se devem mesmo investir no seu próprio negócio. Isso porque são inúmeras as variáveis para que o empreendimento seja aberto.

É claro que realizar a análise do momento de vida que está passando é importante, mas também é necessário analisar o mercado em que pretende atuar, as legislações e qual o investimento inicial que terá que fazer.

É possível traçar um perfil, bem determinado, dos empreendedores. Em sua maioria, são pessoas com capacidade de correr riscos, analisar cenários, excelente comunicação interpessoal e resiliência. Bom, esses são elementos bem importantes mas, devo destacar que existem outros fatores que precisam ser analisados.

De modo geral, a abertura e o gerenciamento de um novo negócio é um método complexo que pede um conjunto de habilidades e conhecimentos, entre eles: como entender o mercado, o público e planejar bem cada etapa.

Não existe ação mais próspera para um empreendimento do que uma boa administração. Para tal, é preciso contar com estratégias de marketing, um fluxo de caixa controlado e passa, ainda, por muita criatividade e inovação.

Pensando nisso e reconhecendo o fato de que talvez você precise de ajuda, elaboramos este artigo. Assim você pode tomar coragem e pensar, de vez, em investir no seu próprio negócio. Vamos nessa?

O primeiro e mais relevante passo é conhecer a si mesmo

De fato, essa é uma das etapas mais importantes do processo de abrir um negócio. Isso porque é necessário que você pare para  analisar vários fatores. É neste momento que você perceberá se realmente quer ou não ser dono do seu próprio negócio, ou continuar em algum emprego CLT.

Além do que foi citado anteriormente é interessante que você se faça a seguinte pergunta: você realmente tem tempo para isso? É fato que o empreendedorismo é percurso muito longo e trabalhoso, no qual você arcará com muitos benefícios mas sofrerá com alguns riscos.

Pode não parecer, mas o apoio de amigos e familiares é fundamental, principalmente quando você está no início do seu negócio. E o motivo é claro: esse tipo de ação demanda muito tempo e, muitas vezes, você não terá tempo para passar com as pessoas que gosta. Além disso, até que seu negócio decole, você precisará de aliados para ir tocando o empreendimento da melhor forma possível.

Agora, e o dinheiro, hein? Você possui o suficiente? Antes de tomar qualquer atitude, é importante ter certeza de que você tenha estabilidade financeira a ponto de conseguir lidar com o início do negócio. Até porque, dependendo do segmento que for seguir, recuperar o investimento pode demorar meses e até anos.

Depois de ter analisado todos os pontos acima e realmente se sentir preparado para seguir com sua idéia, podemos seguir para o tópicos seguintes. Vamos lá?

Com o que você pretende trabalhar?

O mais legal de investir e empreender é que você pode escolher o que você quer fazer e quais produtos pretende trabalhar. Isso porque as possibilidades são as mais diversas.

É possível que você invista em um negócio inovador ou abrir franquias de uma loja de robô industrial. Além disso, há a possibilidade de começar a produzir algum material para vender, oferecer consultoria, oferecer serviços.

Ou seja, não faltam possibilidades para que você consiga empreender em algo que goste de verdade. Então, esse é o passo que vai te auxiliar a definir as demais etapas.

Bom, você pode escolher trabalhar com produtos ou serviços. Se quiser ousar ainda mais, pode trabalhar com os dois processos. Mas, para isso, é importante ter algo em mente: conhecer sobre gestão e ter auxílio de outros profissionais ou ferramentas para te ajudar nisso é muito importante.

Para vender os produtos

Se você já tem domínio total da parte técnica e tem conhecimento sobre produção e mercado de varejo, talvez essa etapa seja uma boa opção para você.

De modo geral, é fundamental controlar e ter domínio da gestão do seu negócio, isso porque, de nada adianta ter um produto de alta qualidade, se não tiver controle de estoque, registro de vendas e entender também as obrigações fiscais da sua empresa.

Mas, olha só: não esqueça de verificar qual será seu ponto físico, se fará vendas online e definir o seu público-alvo. Até porque existem perfis diferentes, para pessoas que fazem compras fisicamente para as que preferem o online. A venda de tela de proteção, por exemplo, normalmente é é feita em lojas físicas. Isso porque passa mais segurança ao cliente.

É importante desenvolver um Plano de Negócio (PN)

Esse é o momento mais extenso quando se fala em abrir um empreendimento. Isso porque ao elaborar um Plano de Negócio para sua empresa, você está desenvolvendo uma base para que seu negócio tenha sucesso.

Para formalizar um bom PN é fundamental que você se aprofunde nas pesquisas. Isso vai te ajudar a ter percepção de muitos pontos fundamentais para iniciar o negócio e começar a viabilizar suas estratégias. Ele ajuda, também, a conhecer o real potencial do seu empreendimento.

Existem vários guias que você pode consultar para ter acesso a informações específicas de como montar um PN de qualidade. Uma dica é verificar o site do Sebrae. Lá, há um guia interessante de como abrir um negócio. Bom, saiba tudo sobre a legislação vigente para a área e o segmento que escolheu, assim como a documentação necessária.

Dependendo da modalidade de negócio que irá iniciar, o investimento do início provavelmente será alto. Então, tenha controle disso e saiba qual é o tempo previsto de retorno, margem de lucro e tudo mais envolvido nessa empreitada.

Tenha com você o suporte especializado

Bom, se você chegou até aqui, muito provavelmente seu plano de abrir um empreendimento está dando certo e você está prestes a se tornar dono de um negócio. É nesse momento que se deve buscar parceiros para otimizar, desde o início, a gestão do seu negócio.

Assim como em todos os cenários, a tecnologia é uma excelente aliada para automatizar operações e te deixar mais focado no seu propósito principal. Pensa que para realizar a manutenção de elevador, por exemplo, precisa de uma organização muito bem construída. Um cliente que é esquecido é uma avaliação negativa no mercado.

Normalmente, a forma de trabalho mais escolhida é a de vender produtos. Se essa for sua decisão, busque softwares que te ajudem a controlar seu estoque, registrar suas vendas e emitir notas fiscais. Assim, a gestão do seu negócio fica efetivo e bem organizado. Não esqueça que um dos fatores que mais destrói um empreendimento é a desorganização.

Este artigo foi elaborado por Iago Martins, criador de conteúdo da empresa Soluções Industriais.

0

Start typing and press Enter to search

Comunicado

Comunicamos aos nossos clientes e parceiros que a partir de Agosto de 2020 o atendimento presencial em Jundiaí se dará no seu novo endereço:

Rua Tenente Ary Aps, 199, Vianelo CEP 13.207-110.

 

Em virtude do COVID-19 e em respeito aos normativos das autoridades, estamos seguindo os protocolos sanitários, sendo obrigatório o uso de máscaras em nosso estabelecimento.

 

Equipe Vitiello Contábil (Consultec/Independência)