Quem tem mais de uma conta no FGTS vai poder sacar R$ 1.045?

Os pagamentos são de responsabilidade da Caixa Econômica Federal e os saques vão até 31 de dezembro de 2020.

Com o intuito de melhorar a economia, que não está numa fase boa por causa da pandemia, o governo federal tem adotado medidas especiais para conter os impactos causados pela crise.

Tanto que, já anunciou uma nova proposta, a abertura de uma nova rodada de saques do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS). Esta nova rodada está programada para começar no dia 15 de junho.

Como o FGTS é administrado pela Caixa, será dela a responsabilidade de realizar os pagamentos desta nova roda de saques pelos trabalhadores. O banco ainda não divulgou o calendário, mas já existe algumas regras para isso acontecer, entre elas, o valor e a ordem de retiradas.

Os trabalhadores que tiverem contas ativas, trabalhando atualmente ou inativa, de empregos antigos poderão sacar R$ 1.045,00. Sendo que os saques precisarão seguir uma ordem: contas que estão vinculadas a trabalhos antigos, iniciando com a que tiver o saldo menor, contas de trabalho atual, também vai iniciar pelo saldo menor.

Você sabe consultar o saldo do FGTS, não? Então vamos ajudar você

O trabalhador que quer saber o quanto tem em conta, vai bastar consultar o saldo disponível no site da Caixa ou aplicativo FGTS, disponível em Smartfones e tablets.

Lembre-se: para você verificar é necessário estar com o número de seu documento de Identidade Social (NIS) ou CPF e senha de cadastro.

No seu primeiro acesso, o trabalhador deverá acessar a página inicial do benefício, digitar o NIS ou CPF e clicar na opção Cadastrar Senha. Depois ler o regulamento, depois de ler, é só clicar em aceito, em seguida, preencher os campos com seus dados pessoais. Para terminar, será necessário criar uma senha de 8 dígitos, com letras e números. Feito isso, é só retornar para a página inicial e inserir seus dados.

Os Pagamentos

Não foi foi ainda divulgado pela Caixa Econômica Federal (CEF), o calendário. Até porque será necessário definir alguns pontos relacionados à ordem de liberação dos créditos. Segundo a Caixa, os resgates deverão obedecer o mês de nascimento do trabalhador, mesmo modelo adotado para o PIS, por exemplo.

Serão beneficiados 30,7 milhões de trabalhadores com este novo recurso. A intenção é que até 80% das contas sejam zeradas com a medida.

Fique sabendo: Quem tem direito ao retroativo do PIS/Pasep, ainda poderá realizar as retiradas. A nova data definida pelo governo vai até o dia 1º de junho de 2025. Após esse período, caso não haja o resgate, o dinheiro voltará para os cofres da União.

Fonte:Jornal Contábil.

0

Start typing and press Enter to search

Comunicado

Comunicamos aos nossos clientes e parceiros que a partir de Agosto de 2020 o atendimento presencial em Jundiaí se dará no seu novo endereço:

Rua Tenente Ary Aps, 199, Vianelo CEP 13.207-110.

 

Em virtude do COVID-19 e em respeito aos normativos das autoridades, estamos seguindo os protocolos sanitários, sendo obrigatório o uso de máscaras em nosso estabelecimento.

 

Equipe Vitiello Contábil (Consultec/Independência)