Produtividade no trabalho: aprenda a ser mais produtivo

Como anda a sua produtividade no trabalho? Vem rendendo menos do que deveria e, ao final do dia, a lista de tarefas continua praticamente intocada? Saiba que você não está sozinho. De acordo com o pesquisador Piers Morgan, autor do livro The ProcrastinationEquation,95% das pessoas admitem adiar o trabalho. A procrastinação tem sido um problema bastante frequente em várias empresas e é um fator determinante na hora de escolher quem sobe, ou não, de cargo.

Uma pesquisa ouviu 2.175 recrutadores norte-americanos sobre os principais problemas que a procrastinação pode trazer para o ambiente de trabalho. Para 30%, quando há um procrastinador na equipe, os colegas acabam sobrecarregados; outros 25% afirmam que esse comportamento pode impactar negativamente a relação entre o colaborador e seu superior direto. Então, já deu para entender que postergar tarefas pode colocar a sua carreira em risco, certo?

Mas, como acabar com esse problema e aumentar a produtividade no trabalho? A resposta pode ser um pouco mais complexa do que você imagina. Isso porque não existe fórmula pronta e nem tudo o que funciona para um, tem o mesmo efeito para outro. Entretanto, algumas dicas podem ajudá-lo a encarar o que tem que ser feito e encerrar o dia com aquela sensação de dever cumprido.

Neste artigo, elencamos alguns hábitos que podem ser desenvolvidos e que têm um impacto surpreendente na sua produtividade no trabalho. Antes, é preciso entender um pouco melhor quais comportamentos você tem hoje, que estão prejudicando o seu desempenho profissional. Acompanhe.

Produtividade no trabalho: os maiores vilões

Responder aquela mensagem no WhatsApp, dar uma conferida nos e-mails pessoais, manter-se informado de tudo que acontece via internet… Você tem ideia de quanto tempo perde em um dia de trabalho devido a essas atitudes? Pode parecer pouco, mas esses têm sido os maiores “ladrões” de produtividade, de acordo com pesquisa realizada pela empresa de consultoria de recursos humanos Robert Half.

O levantamento ouviu a opinião de 2.100 CFOs sobre quais as atitudes que mais impactam negativamente a produtividade no trabalho. Conheça o “Top 3” dos maus hábitos:

  • uso de internet para fins não relacionados ao trabalho: 32%;
  • telefones, mensagens ou e-mails pessoais: 20%;
  • conversas de corredor: 27%.

Mas, a explicação para que você siga adiando as tarefas pode estar no cérebro. Mais especificamente, em duas partes bastante distintas dele: o córtex pré-frontal e o sistema límbico. De uma maneira simples, o córtex pré-frontal é a parte inteligente, responsável pelos planos de médio e longo prazo, enquanto o outro é um pouco mais hedonista, quer respostas rápidas e preza pelo que traz satisfação imediata.

Como deu para perceber, essas duas partes não falam a mesma língua. Enquanto o córtex pré-frontal planeja a ida à academia, o sistema límbico não consegue resistir ao doce após o almoço. Enquanto um diz que o projeto precisa ser feito, o outro lhe convence de que mais uma olhadinha nas redes sociais não vai fazer tanta diferença.

Você deve estar pensando, então, que não há maneira de vencer. Mas, a verdade é que é possível fazer esses dois sistemas se entenderem. Para que isso aconteça, você precisa fazer com que os planos formulados pelo córtex pré-frontal sejam divididos em objetivos menores, de execução e alcance mais fácil, para que sejam assimilados pelo sistema límbico.

Essa é apenas uma das formas que você tem de se reeducar para aumentar a produtividade no trabalho. Continue lendo e descubra outras 3 maneiras.

3 dicas para você aprender a ser mais produtivo no trabalho

Antes de conhecer as dicas que vão ajudar a aumentar sua produtividade no trabalho, você precisa entender que ela é feita de 3 fatores-chave.

  • Priorização: nada de apagar incêndios durante o dia! É preciso determinar as prioridades do dia (e segui-las);
  • eficiência: é fazer o que precisa ser feito. Ter um dia cheio de tarefas dispensáveis é contraproducente, não produtivo;
  • consistência: produtividade é um hábito que precisa ser cultivado diariamente.

Agora, vamos às dicas!

1. Priorize e organize suas tarefas

Você só pode ser produtivo no trabalho se souber o que precisa ser feito e quais os prazos que tem para trabalhar. Desenvolva o hábito de organizar a sua rotina diária elencando as tarefas que precisam ser executadas naquele dia. Quando estiver com a lista pronta, determine quais as 3 maiores prioridades e só se envolva com outras tarefas quando essas já tiverem sido feitas.

E a organização também diz respeito ao seu ambiente de trabalho ― e tem influência direta na sua produtividade. Um estudo conduzido por pesquisadores da Universidade de Princeton analisou o desempenho de dois grupos de pessoas, os organizados e os desorganizados, durante a realização de uma tarefa.

Os desorganizados mostraram um aumento nos níveis de cortisol, também chamado de “hormônio do estresse”. Isso dificulta o cérebro a pensar de forma clara e objetiva, o que explica o fato desse grupo demorar mais para concluir a atividade solicitada pelos estudiosos.

2. Use a tecnologia a seu favor

Lembra que a internet pode ser a grande vilã da produtividade no trabalho? Se você também se perde em meio a tantas abas abertas, algumas ferramentas podem ajudar a melhorar esse quadro. Algumas extensões podem ser incluídas no seu navegador para aumentar a produtividade no trabalho. Confira algumas.

  • Block Site: determine quais os sites que você “não pode” acessar durante o expediente. Ao tentar acessar algum dos que constam na lista, você é redirecionado para uma página com frases que o ajudam a se manter engajado no trabalho;
  • Pomodoro: 25 minutos de concentração para 5 minutos de descanso. O método ajuda a fracionar as tarefas em blocos menores, o que auxilia o córtex pré-frontal a “enganar” o sistema límbico;
  • Rescue Time: esse é o vigia da produtividade! Mostra quanto tempo você dedica a cada tarefa e envia e-mails com o relatório semanal de todas as suas atividades.

Muitos outros aplicativos e extensões podem ajudar com a produtividade e é importante que você escolha aquele com o qual se adapta.

3. Desenvolva a sua inteligência emocional

Muitas vezes, a procrastinação esconde problemas bem maiores. Baixa autoestima, insegurança, autossabotagem, medo de errar, de ter sua reputação abalada ou de decepcionar alguém, como o seu gestor, por exemplo. Por esse motivo, além de colocar em prática métodos que auxiliem a produtividade no trabalho, é preciso saber o que a está prejudicando.

Desenvolver a inteligência emocional ajudará a identificar o que o leva a adiar trabalhos, entender quais os seus horários mais produtivos e gerenciar as tarefas de modo que elas sejam, de fato, executadas.

Mesmo que aumentar a produtividade no trabalho demande um bom esforço individual, líderes e gestores também precisam saber que têm um papel fundamental para aprimorá-la. Ao detectar a queda na produtividade, eles podem auxiliar de várias formas, como você pode ler melhor no artigo Procrastinação no trabalho: saiba como ajudar sua equipe a evitar.

Fonte: Portal Dale Carnegie.



Fonte: https://portaldalecarnegie.com/produtividade-no-trabalho-aprenda-ser-mais-produtivo/

0

Start typing and press Enter to search

Comunicado

Comunicamos aos nossos clientes e parceiros que a partir de Agosto de 2020 o atendimento presencial em Jundiaí se dará no seu novo endereço:

Rua Tenente Ary Aps, 199, Vianelo CEP 13.207-110.

 

Em virtude do COVID-19 e em respeito aos normativos das autoridades, estamos seguindo os protocolos sanitários, sendo obrigatório o uso de máscaras em nosso estabelecimento.

 

Equipe Vitiello Contábil (Consultec/Independência)