Conciliação Bancária: Dicas de como aplicar no seu negócio

Muitos empreendedores não têm controle dos números do negócio e sofrem com isso, o que só reforça a importância da conciliação bancária no dia a dia da empresa.

Por isso, colocamos neste artigo tudo o que você precisa saber sobre o tema, incluindo as dicas para conciliar tudo o que for preciso de maneira certeira.

O que é conciliação bancária e por que ela é tão importante para o empreendedor

Quando lemos o termo “conciliação bancária” é comum vir à mente a ideia de um processo complicado envolvendo um banco.

Mas não é necessariamente isso, embora também envolva esse tipo de instituição.

A conciliação bancária nada mais é, explicando de modo simples, do que a comparação entre os registros financeiros internos de sua empresa e os externos, que constam no extrato bancário.

Em outras palavras, ela serve basicamente para responder à seguinte pergunta:

“Será que o que entrou e saiu do meu caixa é o mesmo que entrou e saiu da conta da empresa, ou existe inconsistência entre as informações?”

E descobrir a resposta é apenas um dos benefícios que essa prática oferece.

Por meio dela, você também irá:

Descobrir se seu controle financeiro funciona

Lembrando que a gestão financeira é um dos assuntos que mais merecem atenção dentro de qualquer empresa.

E, com a conciliação bancária sendo feita corretamente, com resultados positivos, mostra-se que ela está funcionando corretamente.

Entender melhor suas vendas

Para quem oferece a opção de pagamento via cartão de crédito, fazer o controle do que realmente será recebido, considerando as vendas em si, os prazos e as taxas, pode ser um pesadelo.

Porém, ao começar a conciliar seus números, você verá que essa não é uma tarefa difícil.

Mas, atenção: as COMPRAS que sua empresa faz utilizando cartão, caso faça, também devem ser incluídas na conciliação.

Notar inconsistências

Qualquer inconsistência no seu financeiro poderá ser notada.

E isso te permitirá agir com antecedência para resolvê-las, evitando imprevistos e prejuízo.

Conciliação Bancária

Os benefícios também incluem um caixa bem gerido e maior facilidade nos processos contábeis, afinal você terá registrado, por meio da conciliação bancária, toda a movimentação feita em determinado período.

Dicas de como fazer a conciliação bancária em seu negócio

Antes de mais nada, é preciso determinar qual período a conciliação bancária deverá abranger.

Você pode conciliar os números de um ano ou mesmo de um mês, o que achar melhor.

Feito isso, faça o levantamento de todas as transações feitas tanto dentro da sua empresa quanto fora dela, no banco, ficando atento a questões como fluxo de caixa e saldo bancário.

Sabemos que essa etapa não é das mais fáceis, por isso nossa principal dica nesse sentido é ter em mãos todos os comprovantes relacionados a essas transações.

Você não os guarda? Se não, comece a guardá-los hoje mesmo, pois são de suma importância!

Somente assim será possível fazer o comparativo ao qual a conciliação bancária se refere, mas existe uma outra dica que te ajudará bastante a começar: vá fazendo seus registros de compras e vendas diariamente, não deixando nenhum número de fora.

Dessa forma, quando realmente decidir fazer a conciliação, faltará somente levantar as informações pertinentes ao banco,

Lembrando que fazer todos os registros manualmente pode causar erros em algum momento, bem como deixar tudo anotado em um caderno, por exemplo.

Para fugir disso, automatize o processo utilizando alguma ferramenta financeira ou, no mínimo, utilize uma planilha elaborada especificamente para essa finalidade.

O que fazer se algo parecer errado

Mas mesmo guardando criteriosamente todos os comprovantes e automatizando o processo de conciliação bancária, pode ser que você identifique que os números não batem.

O que fazer nesse caso?

Bem… Não há saída: verifique se existe alguma compra ou venda que ainda não foi compensada, ou se houve alguma cobrança indevida ou duplicada e corrija os lançamentos, fazendo uma nova análise para se certificar de que o resultado finalmente saiu como esperado.

No mais, reforce seu controle financeiro e continue aplicando as dicas do tópico anterior para evitar novos erros.

E esse controle não envolve apenas registar receitas e gastos, mas também trazer para o negócio soluções que de fato podem otimizar esse setor, como contas digitais com taxas mais convidativas, ideais na hora de cortar despesas desnecessárias.

Os cartões de crédito também entram nesse contexto:

Quanto você paga de taxa todo mês?

Quais benefícios o cartão oferece para você e sua empresa?

Embora muitos ignorem esse fato, a escolha de um bom cartão também favorece o controle financeiro, por isso solicite o seu com cuidado!

Fonte: Azulis

 
0

Start typing and press Enter to search

Comunicado

Comunicamos aos nossos clientes e parceiros que a partir de Agosto de 2020 o atendimento presencial em Jundiaí se dará no seu novo endereço:

Rua Tenente Ary Aps, 199, Vianelo CEP 13.207-110.

 

Em virtude do COVID-19 e em respeito aos normativos das autoridades, estamos seguindo os protocolos sanitários, sendo obrigatório o uso de máscaras em nosso estabelecimento.

 

Equipe Vitiello Contábil (Consultec/Independência)